sexta-feira, 15 de junho de 2012

Sapinho e Joaninha... Mais almofadinhas!!!



Encomendinha diferente!

Mais bichinhos fofos no jardim do Empório...

Lembrancinha diferente que depois vira parte da decoração do quarto!

Almofadinhas de joaninha e sapinho, adorei fazer!!!

Beijosss
Graziela

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Cômoda Feliz passo a passo

Era uma vez uma cômoda triste...
Ela já tinha passado por três sobrinhos e algumas mudanças (de cor e endereço! rs...). Ficou com marcas do tempo, puxadores quebrados, arranhões... Até que um dia foi decidido que ela seria substituída por móveis planejados e por isso seria descartada!
Mais do que depressa, eu me ofereci para cuidar dela daí por diante, mas demorei alguns dias para buscar... Nesse meio tempo ficou do lado de fora, tomou chuva e sua lateral acabou dilatando e rachando em algumas partes.
Pensei em cortar, mas a altura do estrago não daria para fazer isso. Poderia trocar toda a lateral, mas não estava disposta a isso! O jeito seria usar a criatividade para recuperar o que parecia não ter mais jeito. 
Então, vamos ao passo a passo?! Citarei algumas marcas que usei, pois o resultado foi muito bom!

Material:

- 01 cômoda triste
- Fita crepe
- Cones vazios
- Cola branca e universal
- Pasta para modelagem *Acrilex
- Espátula, rolinho e pincéis tamanhos variados *Condor
- Primer *Gato preto
- Tintas variadas (PVA e acrílica fosca) *Acrilex, Corfix e Águia
- Verniz fixador (semi brilho e auto brilho) *Acrilex (spray)
- Carinho, cuidado e imaginação *(estes são os principais itens)


1º passo:
Colocar a cômoda de cabeça para baixo, encher os espaços rachados com cola branca e revestir com fita crepe, desse jeito ao menos ela não dilataria mais...

2º passo:
Providenciar pés altos. Utilizei cones de linha. Passei uma camada de primer, depois pintei com tinta acrílica amarela, cor alegre e cheia de luz! Agora ela seria uma cômoda com pés palito!!!

 

3º passo:
Revestir toda a parte colada com pasta para modelagem. Em minha cabeça aquilo seria o chão de um local alegre, por isso trabalhei com a forma de gramado, sem me preocupar com medidas exatas, pois a idéia era parecer o mais natural possível.


4º passo:
Iniciar a pintura externa. Escolhi o mesmo amarelo (agora tinta PVA) para o tampo e um azul céu (acrílica) para as laterais. Nessa hora a cômoda já não parecia mais tão triste...

 

5º passo:
Após a cobertura total do tampo e laterais, era hora de reavivar as partes brancas e iniciar o trabalho das cores do gramado. A vida começava a nascer, então pensei: Que tal flores??? Tudo simples e leve para dar suavidade ao móvel que surgia à minha frente.

 

6º passo:
Fazer flores coloridas, borboletas alegres voando neste jardim e joaninhas passeando pelas folhagens...
Ah, eu adorei esta parte! Mas ainda tinha o outro lado!!!
Eu não queria um desenho igual (e nem poderia, pois desenho à mão livre), então decidi que em um mundo feliz deveria haver árvore, passarinhos cantando e uma coruja sabida... rsrs... Assim nasceu a imagem da outra lateral! (Vejam que outra joaninha estava por ali também!) rs...

 

7º passo:
Tão logo tudo ficou pronto e sequinho, resolvi aplicar uma boa camada de verniz fixador semi-brilho.
Isso deu um acabamento todo especial...

8º passo:
Colar as partes quebradas dos puxadores com cola universal, pois eu não queria outros... Assim que secaram eu pintei com tinta acrílica e passei verniz fixador auto-brilho.

  

Foi assim que nasceu, aqui no Empório, uma linda Cômoda Feliz!!!

Beijossss
Graziela